O amor maior

Publicado em 01-09-2018

 

Roma, 31de agosto - Os trabalhos do Capítulo Geral chegaram ao 5° dia. A agenda de hoje previa a continuação do debate sobre o Relatório Econômico, apresentado ontem pelo Ecônomo Geral, Frei Alejandro Nuñez Ennabe, e no fim da manhã a Concelebração eucarística, presidida pelo Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, Cardeal João Braz de Aviz.
Ao término do debate foi constituída a Comissão Econômica, que acompanhará o próximo executivo na gestão da economia da Ordem. As questões levantadas nas intervenções tiveram uma resposta pontual, sempre equilibrada e serena. Terminado o debate foi constituída a Comissão Econômica que acompanhará o próximo executivo na gestão da economia da Ordem. Os nomes propostos para a Comissão foram aprovados quase por unanimidade pelos Capitulares. O debate sobre o Relatório Econômico registrou uma apreciação em geral positiva da parte dos grupos e dos capitulares: sublinhou-se a clareza do texto e a transparência dos números. As questões levantadas nas intervenções foram pontualmente respondidas de modo sempre equilibrado e sereno. Ao término do debate foi constituída a Comissão Econômica, que acompanhará o próximo executivo na gestão da economia da Ordem. Os nomes propostos para a Comissão foram aprovados quase por unanimidade pelos Capitulares.
Ao meio dia pontualmente o Cardeal João Braz de Aviz. iniciou a Concelebração solene, ladeado pelo Ministro Geral, pelo Vigário e alguns membros do Conselho Geral. Em homenagem a ele as leituras da liturgia foram feitas em português. Desde a saudação inicial, imediatamente todos os Capitulares se surpreenderam com a sua amabilidade e a sua simplicidade. Na homilia, deixando o texto preparado, ele falou à vontade, em italiano, enquanto frei Charles Serignat traduzia magistralmente em inglês.

“A vida consagrada tem um lugar muito importante na Igreja. Deus permitiu ao Espírito Santo falar à Igreja também através da multiplicidade dos carismas. E este caminho não terá fim na vida da Igreja. O carisma não vem dos homens, mas de Deus. Deus sabe por quanto tempo ele deve permanecer na sua Igreja. O carisma franciscano, em vez de diminuir, cresce e se multiplica em outros carismas. Este carisma é um grande dom para a Igreja. Este Capítulo Geral é talvez o mais numeroso entre os que eu já participei nestes sete anos aqui em Roma”. O cardeal citou o prólogo do Itinerarium mentis in Deum de São Boaventura: “Em Deus ninguém penetra corretamente senão através do Crucifixo. São Paulo nos recorda que ele prega não a sabedoria do mundo mas a sutileza da Cruz. Porque só se entra no mistério de Deus através da cruz? Não é porque Deus tenha necessidade de vítimas: Deus não precisa nem mesmo do culto. Ele é perfeito em si mesmo. Ele se move em nossa direção através da cruz porque a cruz é o maior sinal do amor. Onde a razão termina porque não é capaz de dar respostas, o amor permanece. Ninguém tem maior amor do que aquele que é capaz de dar a vida pelo seu irmão. Este é um ensinamento muito importante também para nós...”.
Após a Eucaristia, o Cardeal foi ao refeitório almoçar com os Capitulares.

Galeria de Fotos:
Discusão do Relatório Econômico
Eucaristia presidida pelo Card. JoãoBraz de Aviz
Apresentação da Ratio Formationis 

Vidéo:
Trabalho nos grupos 
Eucaristia presidida pelo Card. JoãoBraz de Aviz

Para ver todas as fotos 
Para ver todos os vídeos 

20180830 DIALOGO RELAZIONE ECONOMICA ED EUCARESTIA2

20180830 DIALOGO RELAZIONE ECONOMICA ED EUCARESTIA3

20180830 DIALOGO RELAZIONE ECONOMICA ED EUCARESTIA4

20180830 DIALOGO RELAZIONE ECONOMICA ED EUCARESTIA5

20180830 DIALOGO RELAZIONE ECONOMICA ED EUCARESTIA6

20180830 DIALOGO RELAZIONE ECONOMICA ED EUCARESTIA7